GRUPO DE HOMENS – GENDER GROUP

Estruturando o EU Masculino

 O homem tem que se reciclar para encontrar uma posição confortável e satisfatória  na vida que leva.

 

– O que ele quer nem sempre consegue.

– O que ele tem nem sempre o satisfaz.

 

Permanecem nas mesmas indefinições por muito tempo, mas quando descobre novos caminhos, se completa e estrutura um MASCULINO mais forte e mais consistente.

 

SER HOMEM É CONCILIAR DESEJO COM POSSIBILIDADE,

HARMONIA COM CONQUISTA, CONHECIMENTO COM SENTIMENTO,

SEGURANÇA COM EXPANSÃO.

 Os desafios são muitos e as possibilidades de sentir se realizado também. Precisa se conhecer e tiver como comunicar claramente suas necessidades e responsabilidades

 

O Dr. Luiz Cuschnir, psiquiatra e psicoterapeuta, criador do Gender Group®, uma abordagem psicoterapêutica grupal que visa atingir os aspectos da identidade do homem contemporâneo, oferece agora no Brasil, um novo trabalho vivencial por dois dias. Com exercícios mobilizadores de lembranças e emoções, o grupo busca a recuperação das experiências masculinas vividas, organizando os elementos necessários para o desejado fortalecimento e confirmação do Homem interior. Em um ambiente reservado e respeitoso, o grupo delineia as oportunidades para o desenvolvimento pessoal de cada participante. Estes trabalhos já foram realizados no Brasil e em outras partes do mundo, tendo sido especialmente relevantes para os que querem desenvolver suas potencialidades como homem integrado e atualizado. O desenho do trabalho é “Taylor made”, de acordo com as entrevistas prévias individuais dos inscritos com o Dr. Luiz Cuschnir.

 Indicações deste workshop

 · Para quem quer se cuidar.

· Para quem consegue deixar a namorada, esposa, filhos, trabalho por um fim de semana.

· Para os satisfeitos e insatisfeitos com a vida que levam.

· Para parar e refletir no que está incomodando

· Para dar um tempo em tudo por um final de semana.

· Para estar em um grupo de homens que falam de como viveram e como querem viver.

 Contra indicações deste workshop

 · Homens que não podem entrar em contato com o que sentem.

· Homens que querem continuar vivendo exatamente como tem sido nas últimas décadas.

· Homens que não têm condições físicas ou emocionais de fazer um trabalho “out door.”

 (uma parte da dinâmica ocorre em um denso bosque para propiciar o contato com a natureza, se o tempo permitir).

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.